• VEJA Rio

Entre tosses e espirros


Novo sucesso da safra de musicais cariocas, Shrek, em cartaz no Teatro João Caetano, está exigindo do elenco uma dose extra de sacrifício. Desde outubro, quando começaram os ensaios no tradicional endereço da Praça Tiradentes, vários atores tiveram problemas respiratórios com o excesso de poeira nas coxias e nos camarins. Aparentemente, a recente reforma da primeira casa de espetáculos do Rio, aberta em 1813 por dom João VI, não resolveu um problema típico de antigas construções: o acúmulo de mofo. A atriz brasiliense Sara Sarres, a Fiona, tem andado com um nebulizador portátil na bolsa. “É o truque para não perder a voz em sete sessões semanais”, comenta a atriz..


0 visualização

Todos os direitos reservados.

© 2020 Sarres Produções

Desenvolvido por Gabriella Costa em parceria com WIX

  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle